MICROFISIOTERAPIA

Conheça o que é a MICROFISIOTERAPIA e como funciona a técnica e as sessões!

O que é MICROFISIOTERAPIA?

WhatsApp Image 2022-03-15 at 11.12.56.jpeg

   A microfisioterapia é uma técnica de tratamento manual por meio de toques suaves e específicos, com o objetivo de estimular a autocura do organismo nos distúrbios corporais e emocionais.

 Os especialistas dessa técnica, que surgiu na França em 1983, esclarecem que muitas das nossas dores e doenças se devem a pequenas disfunções que se acumulam durante a nossa vida e terminam por enfraquecer nosso organismo, deixando “cicatrizes” que atrapalham o funcionamento das células e ficam guardadas na memória do tecido por uma deficiência do sistema imunológico, que não consegue eliminar o agressor.

  As disfunções podem ter causa em frustrações, perdas ou traumas que ocorreram em algum momento da vida, inclusive na gestação, ou até mesmo nas memórias hereditárias que carregamos. É frequente sofrermos agressões não perceptíveis por nós, mas que nosso organismo interpreta como agressão e guarda como uma memória.

  E a microfisioterapia ajuda o corpo a se livrar destas “cicatrizes”, contribuindo para melhorar nosso estado de saúde e ajudar o organismo a eliminar os vestígios emocionais e traumáticos. Muitos problemas de saúde têm possibilidade de cura através dessa técnica, que pode ajudar a tratar qualquer disfunção do corpo.

  “Diariamente o nosso corpo luta contra agressões de todas as naturezas e intensidades, que podem ter ocorrência em vários fatores. Geralmente o nosso organismo autocorrige-se em silêncio, sem que percebamos. Contudo, a depender das infrações e de como foi recebida pelo organismo, o corpo pode reagir mal e o resultado pode ser uma dor, uma doença crônica, um mal estar.”

  A microfisioterapia pode, e deve, ser realizada simultaneamente com outros tratamentos e equipe multidisciplinar com médicos, psicólogos, nutricionistas, dentistas, terapeutas e fonoaudiólogos, além de ser indicada como técnica preventiva, mesmo que você acredite não ter sintoma aparente para recorrer à terapia.

Design sem nome (23).png

O QUE É A MICROFISIOTERAPIA?

  A microfisioterapia é uma técnica de terapia manual que busca tratar a causa da patologia e não apenas os sintomas. Os tecidos têm energia vital, e quando são agredidos de alguma forma (seja fisicamente ou psicologicamente) acabam perdendo essa energia e as células não conseguem funcionar como deveriam.

  É nesse momento que entra em cena o trabalho do fisioterapeuta, especializado em microfisioterapia, que busca, por meio do toque da pele e dos órgãos, entender quais são as causas do problema e ajudar o corpo a promover a autocura.

  Para compreender essa memória celular, os profissionais da área precisam ter sólidos conhecimentos em embriologia, ontogênese e filogênese, identificando no corpo áreas que perderam a sua vitalidade normal, promovendo a regulação das partes afetadas.

  A base de estudos primordial da microfisioterapia é a embriologia. Ou seja, todos os nossos órgãos, incluindo a pele e o cérebro, têm a mesma origem embrionária, e por isso guardam uma relação profunda.

  Assim, mesmo que não percebamos, podemos sofrer vários “ataques” ao nosso organismo, seja por problemas físicos ou por questões emocionais. Os sentimentos acabam sendo registrados pelo sistema nervoso e continuam influenciando a nossa saúde se não forem tratados.

  Com os toques certos, o fisioterapeuta consegue estimular o sistema nervoso e reestabelecer o equilíbrio.

QUAIS OS BENEFÍCIOS DA MICROFISIOTERAPIA?

  A microfisioterapia promove a melhoria sistêmica do corpo, trata dores, promove a auto cura resolvendo a causa primária de uma doença, além de estimular o sistema imunológico.

  Não há contra indicações para o tratamento e nem restrições quanto a idade a se beneficiar. É um método não invasivo, que respeita os limites do organismo e, portanto, pode ser aplicado desde o bebê até o idoso.

Design sem nome (22).png

QUAIS INDICAÇÕES DA MICROFISIOTERAPIA?

A Microfisioterapia pode ajudar no tratamento de diversas doenças e transtornos, como:

·         Insônia e distúrbios do sono

·         Depressão, ansiedade, síndrome do pânico e fobias

·         Dores musculares

·         Cefaleias e enxaquecas

·         Alergias respiratórias (rinites, sinusites) e de pele

·         Traumas físicos e emocionais (perdas, abandonos, separações)

·         Fibromialgia

·         Dificuldades de aprendizado, falta de atenção e concentração

·         Hiperatividade,

·         Agressividade

·         Disfunções digestivas, problemas urogenitais

·         Disfunção hormonal, mau funcionamento dos órgãos

·         Dificuldade de engravidar

QUEM PODE REALIZAR O TRATAMENTO?

  Não há contra indicações para o tratamento e nem restrições quanto a idade a se beneficiar. É um método não invasivo, que respeita os limites do organismo e, portanto, pode ser aplicado desde o bebê até o idoso.

QUANTAS SESSÕES DE MICROFISIOTERAPIA SÃO NECESSÁRIAS?

  São indicados ao menos 3 atendimentos, e a cronicidade pode ser uma variável com relação a esse número.

  Os resultados serão percebidos desde a primeira consulta, no entanto, o número de atendimentos pode ser definido pela patologia apresentada e pela evolução de cada paciente frente aos seus sintomas.

  Observamos diferenças individuais quanto a responsividade à técnica, como em todo procedimento ou tratamento. Cada organismo apresenta um ritmo de resolução.

  Se o paciente precisar de mais sessões, deverá fazer o agendamento com um período espaçado de 40 a 60 dias, dando ao corpo tempo suficiente para assimilar o tratamento. Também é possível realizar uma sessão por ano, de modo preventivo, ou a cada seis meses para o controle de sintomas agudos.

COMO FUNCIONA A SESSÃO?

Uma sessão de microfisioterapia dura em média 60 minutos, e já é possível notar melhora significativa após apenas um encontro com o profissional. Porém, em alguns casos, podem ser necessárias mais duas ou três sessões até o pleno restabelecimento do paciente.

A primeira parte do trabalho consiste numa investigação micropalpatória, que possibilita detectar a causa responsável pelo sintoma relatado a partir da chamada cicatriz patológica. A segunda parte consiste em identificar o sintoma causado pela cicatriz. O terapeuta mantém sua mão na causa (cicatriz) e investiga com a outra mão a consequência (o sintoma), percorrendo a linha média do corpo à procura do nível afetado. Uma vez definido o nível, a procura segue na linha transversal deste nível.

Uma vez identificada e localizada a cicatriz, o corpo é estimulado a desencadear o processo de autocura, de maneira quase instantânea. É promovido um diálogo direto com a memória tecidual da pessoa, por via palpatória, sem nenhum outro apoio. O mecanismo de autocorreção é obtido desta maneira, tanto nos adultos, como nos bebês ou crianças.

Não é necessário se despir para realizar o tratamento. A roupa não interfere na efetividade do processo. Porém, são indicadas roupas leves para as sessões.

O QUE ACONTECE DEPOIS DA SESSÃO?

O trabalho de autocura que o corpo desenvolve após a sessão, pode provocar ligeiro cansaço durante um ou dois dias. Por isso, é indicado que o paciente descanse após a sessão, não realize esforço físico desnecessário, não dirija seguidamente por longo período de tempo etc.

Para reduzir o cansaço e auxiliar o processo, aconselha-se a ingestão de 1,5 a 2 litros de água por dia, nos dias subsequentes à sessão, a fim de facilitar o trabalho de eliminação das cicatrizes.

Muito embora não sejam frequentes, outros sintomas podem ocorrer, como diarreia, vômito, aumento da dor, febre, crise emocional ou sentimento de raiva por um ou dois dias. Tudo isso acontece em razão da liberação das memórias agressoras. O paciente deve então descansar e deixar que o sistema imunológico realize seu trabalho com o mínimo de interferência medicamentosa possível, não se esquecendo de ingerir muita água.

Energy Healing

O profissional

Patricia Finger Boufleuer é formada em fisioterapia em 2008 pela Universidade Paranaense – UNIPAR Campus Toledo-PR (Crefito8 130679-F). Começou a trabalhar com fisioterapia hospitalar por 5 anos e fisioterapia clínica por 10 anos. De 2013 a 2020 trabalhou com pilates. Em 2014 concluiu sua primeira formação em microfisioterapia, pelo Instituto Salgado, e desde 2017 seu foco principal é a Microfisioterapia. 

Entre os cursos que fez, destacam-se:

  • CinesioTape Neuromuscular: Conceito e aplicação, IDOT-2013;

  • Curso de Formação em Pilates – Equipamentos, Solo e Bola, Escola Brasileira de Pilates, 2013;

  •  Curso de Formação em Pilates – Equipamentos e Solo Avançado, Escola Brasileira de Pilates, 2014;

  • Formação em Hipnoterapia Clínica, Instituto Salgado, 2014;

  • Formação em Microfisioterapia, Instituto Salgado, 2014;

  • Formação em Microfisioterapia- módulo avançado P3/P4, Instituto Salgado, 2015;

  • Formação em Microfisioterapia- módulo avançado P5/P6, Instituto Salgado, 2015;

  • Formação em Microfisioterapia- módulo avançado P7/P8, Instituto Salgado, 2016;

  • Podoposturologia – Regulação postural através de palmilhas, Instituto Salgado, 2019; 

  • Atualmente atende Microfisioterapia para buscar a causa primária de todos desequilíbrios do corpo, visando um equilíbrio de corpo e mente.

WhatsApp Image 2022-03-15 at 11.12.56 (1).jpeg
botão whatsapp.webp
logo.png

Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 7h e 30 min às 20h
(todos nossas sessões são com agendamento prévio)

R. Piratini, 2206 -Centro,
Toledo - PR,
85901-010, Brasil

  • Instagram
  • Facebook